Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Estado do Gui

por Gaffe, em 22.01.19

Estado.jpg

A minha professora disse-nos que tínhamos de escrever uma redacção muito limpinha e bonita porque queria cola-la no quadro de honra que é um quadrado assim para o alto dos lados onde uns senhores e umas senhoras mandam postas que é post em português. Mandou-nos também falar das coisas do estado. A bem dizer eu só estudei ainda o gasoso que é o do gás mas acho que serve porque este mundo é como um balão. A gente bufa bufa bufa e aquilo enche e a gente pensa que é bonito e até sobe sobe balão sobe como o balão daquela senhora que se chamava Bravo como o esfregão e que ganhou um festival e depois perdeu no Bruxelas onde é a eurovisão e onde há couves que é o que a gente leva deste mundo. A minha prima Idalina diz que o estado é só fogo de vista mas que somos nós os culpados que nos metemos de vez em quando numa tenda que nem uma cadeirinha tem para os velhos se sentarem que já não podem estar de pé com um papel e uma caneta na mão para fazermos uma cruz onde nos dizem que é bom. A minha avó foi um problema porque quando foi meter as cruzes no papel pôs-se aos gritos feita tola que tinha acertado em duas estrelas e no jóquer que por acaso era um senhor que tinha a fotografia colada mesmo ali logo no princípio do papel. Tivemos depois de a amarrar com a guita que separava as tendas umas das outras e levar a velha para o lar onde só vê a televisão com a Cristina Ferreira que é a única pessoa que a minha avó consegue ouvir. Os meus colegas e eu acarretamos os papéis para uma mesa onde uns senhores estavam a lamber os dedos para contar muito bem aquilo tudo. Vou colar aqui a fotografia do Justino a levar a papelada que ficou muito bem. O Zeca que é meu primo até fez montinhos porque só sabe contar até dez. Não fez mal porque chegou muito bem que houve muita abstinência. Quem ganhou o concurso foi o senhor Adalbero do talho e ganhou muito bem porque assim como assim já está habituado a desossar os bichos. Eu disse agora um nome de uma pessoa e ali em cima disse o da Cristina Ferreira. A minha professora disse que não podíamos andar aqui a fazer isto que é por causa duma coisa chamada protecção de dados. Por isso faz de conta que não existem estas pessoas que até nem é muito mentira. Depois de irem às tendas foi toda a gente ver televisão para saber notícias do país e do mundo que também gosta de riscar quadradinhos e de dizer que fomos nós os culpados das fugas de gás porque andamos a viver no andar de cima em vez de viver rés-do-chão que é o nosso sítio e o do picapau amarelo mas a minha prima Idalina mudou para os canais que davam telenovelas e só passados três dias é que a gente soube quem era a pessoa que não digo outra vez o nome que podia ser atacada pelos ácaros dos computadores. Ficamos muito contentes porque já toda a gente sabia em quem cascar durante uma porrada de anos enquanto coça as coisas moles que pode não parecer mas as pessoas andam com comichão o tempo todo e nem pomada que sirva encontram nas farmácias que isto dos ácaros até dá prisão se uma pessoa os largar nos meiles. Eu não sei muito bem o que são os meiles mas parece que são umas coisas que se mandam aos franceses que gostam de moda por causa das tendências e dos influenseres que são umas coisas que dizem o que se vai usar. Usa-se muito este ano o amarelo pelos vistos. Agora vou acabar a minha redacção que isto do estado custa muito a arrancar mas depois de engatado ninguém o trava a não ser que os risquinhos nos quadradinhos das tendas não sejam feitos com a merda dum lápis que nem para enfiar no aguça serve que está rombo. Um quadradinho deve ser riscado com uma caneta bem cheiinha.

Muito obrigado

Sou quem sabes

Gui.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


37 comentários

Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 22.01.2019 às 12:38

E o problema é maior se não conseguirmos distinguir os aguças dos afias e acabamos a safar as palavras erradas. Depois, é como estrelar um ovo num sertã, em vez de usar a frigideira e fica o caldo entornado, ou o ovo esborrachado e arma-se um chinfrim, sem estado que nos valha. O Gui fala, e fala muito bem! 
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 13:31

O Gui é um bocadinho tonto, mas safa-se. 
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 22.01.2019 às 17:21

O Gui é magnífico em qualquer estado. É como a água...puro e cristalino, coexistindo em ponto triplo e harmoniosamente.
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 19:29


O Gui manda três beijinhos. Um em cada estado.
***
Imagem de perfil

De Genny a 22.01.2019 às 13:53

Desta vez, a culpa não é do Gui. A professora é que ainda não ensinou os estados todos, ora 
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 13:56

É líquido que não. 
:)
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 22.01.2019 às 15:13

Bem sei, sou suspeito. Bem sei, poderá ser mal interpretado o elogio de um colega, mas ora bolas...Excelente Gaffe
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 15:42

Se não soubermos aceitar um elogio, venha ele de onde vier (valem ouro os elogios dos colegas!), estamos muito mal preparados para aceitar as críticas mais negativas. 
;)
Obrigado. 
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 22.01.2019 às 23:11

Já te fiz vários  (elogios, entenda - se) e aqui fica mais um : 
O teu "filho" é maravilhoso e a mãe não lhe fica atrás. 
Aos dois desejo uma longa estadia nesta nova morada .
Por cá,  e por lá,  vou continuar a seguir - vos . E a elogiar - vos. Nem que seja em modo D. Sebastião envolta em nevoeiro.
; )

Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 23:34

E participa.
Seria muito importante.
D. Sebastião é bastante apropriado neste contexto.


Obrigada. Pelo dois. 
Imagem de perfil

De Corvo a 22.01.2019 às 15:56


Xiiiiiii?! Ó Gui, pá!
Em que estado o Estado te pôs!
Nem a gravatinha, nem nada.
Por outro lado: foste excelente, com apenas um pequenino senão, pá.
Cruzes?! Na Cristina? Não é por aí que o gato lá vai, pá!
A essa telefona-se, pá. E se adicionares uns beijinhos melhoras a coisa.
Não te esqueças de reclamar a gravata. Não ficas mais rico nem menos pobre por isso, mas pelo menos marcas a tua posição.
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 16:47

É o estado que o Estado vai escondendo do Gui, mesmo sendo o Gui a estar neste estado. 
Não imagina como são frequente estados e Estados assim. 
Imagem de perfil

De cheia a 22.01.2019 às 21:47

O mal é não sabermos contar. Meio século a dizerem-nos que só precisávamos de saber ler e contar, e nunca aprendemos! Por isso, não podíamos votar.
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 23:36

Não nos podemos esquecer das cegueiras selectivas. E das colectivas. Ajudaram imenso esse analfabetismo.
Imagem de perfil

De Mariali a 22.01.2019 às 21:56

Muito Bom.
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 23:37

Obrigada.
Seria interessante conhecer a sua opinião acerca do assunto que nos traz aqui.
:)
Imagem de perfil

De júlio farinha a 22.01.2019 às 22:15

Gaffe, que coisas sérias diz de maneira que nos fazem rir, e muito. O Gui está em péssimo estado - não é o tema de hoje? . Concordo em absoluto com a prima Idalina. Sensata. Já a avó me enche de ternura.Faça o favor de não a levar para o lar porque lá o estado deixa que batam nos velhinhos. Se ninguém a quiser dê-ma a mim. Eu sou assim um bocado pró anarca e por isso não deixo que o estado lhe faça mal.
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 23:38

Garante pois que o anarquismo não bate nos velhinhos?
Imagem de perfil

De júlio farinha a 23.01.2019 às 22:48

Há os anarquistas arruaceiros e os que não fazem mal a uma mosca. Eu estou dentro destes. Só posso responder por mim. O anarquismo em si, como eu o vislumbro, só existe como conceito.Não faz sentido falar em anarquismo, pois isso já pressupõe uma qualquer forma de organização. A ausência de estado é um sonho dos filósofos utópicos mas ainda partilho desse sonho.
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.01.2019 às 00:15

Muito interessante.
Tenho a certeza que este assunto vai ser abordado aqui...
(Esteja atento)
:)
Imagem de perfil

De P. P. a 22.01.2019 às 22:53

Excelente! 
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.01.2019 às 23:39

Obrigada.
Estamos à sua espera!
Imagem de perfil

De P. P. a 22.01.2019 às 23:50


Obrigado, Gafe, mas mais do que trabalho, preparo-me para novo luto. Prefiro assim, para depois não sofrer mais. Pode tratar-me por tu. No avatar sou eu, feito através de uma APP.
Abraço.
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.01.2019 às 00:33

Entendo e lamento.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 23.01.2019 às 08:32

Muita Força, P.P!
Imagem de perfil

De P. P. a 23.01.2019 às 17:59

Obrigado.
Hoje, às 11h deu-nos o último adeus .
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.01.2019 às 19:30


Sabe como lamento.
Um beijo.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 24.01.2019 às 08:15

Os meus pêsames. Muita Força, P.P
Imagem de perfil

De P. P. a 24.01.2019 às 18:20

Obrigado.         
Foi horrivel 😑
Imagem de perfil

De P. P. a 24.01.2019 às 18:23

Obrigado. 
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.01.2019 às 14:24

 O Gui não falha uma.
Muito bom!
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.01.2019 às 14:26

Coitadito do Gui, que anda cada vez mais confuso. 
Imagem de perfil

De Sarin a 25.01.2019 às 02:59

Pois é, Gui, o estado a que chegamos para conseguirmos aturar o que aturamos...


mas vá lá, que ao nosso estado só "custa muito a arrancar mas depois de engatado ninguém o trava" - há quem tenha posto as cruzes nos quadradinhos e o estado tenha arrancado mas agora esteja rombo por causa do quadradão com risquinho que anda na moda e usa amarelo na mona...
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.01.2019 às 09:23

O Gui é mais bolos.
Aposto que o Gui, quando chegar o momento de riscar o quadradinho, vai ter em consideração os rombos possíveis que provocará.
;) 
Imagem de perfil

De Sarin a 25.01.2019 às 18:17

E aposto que optará por fazer um risquinho muito bem feito, que o Gui sabe que nem toda a gente do mundo tem acesso a tal papelinho...
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.01.2019 às 19:15

Sabe sim.
Não rasga o dele para entregar metade, mas é muito capaz de usar o tecido com que se tecem as bandeiras para que essa falha não seja um facto.
O Gui é muito irrequieto.

Comentar




Newton.gif

Não falamos da actualidade, do acontecimento. Nem opinamos sobre uma notícia.

Falamos de política num estado mais puro. Sem os seus actores principais, os políticos - o que torna o ar mais respirável. E os postais sempre actuais; por isso, com as discussões em aberto.

A discussão continua também nos postais anteriores, onde comentamos sem constrangimentos de tempo ou de ideias.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.